Company Logo

 

Crie uma rotina de vistas ao veterinário. Check-ups regulares ajudam a manter seu filhote saudável e garantem que ele se acostume com as idas ao veterinário. Você já pode estar familiarizado com um veterinário da região ou, então, seus amigos poderão recomendar algum profissional de confiança. É importante que você encontre a clínica certa; para isso, procure nas redondezas ou, então, visite uma clínica para ver quais os serviços que ela oferece.

 

Tenha sempre em mãos o telefone de uma clínica ou hospital veterinário 24 horas em caso de emergência.

 

Então, o que vai rolar na primeira consulta veterinária de seu filhote?

  • Uma avaliação completa e meticulosa para garantir que seu filhote está em excelente condição de saúde e não apresenta qualquer sinal de comprometimento ou debilidade.
  • A primeira vacinação, a menos que ela já tenha sido feita, o que ajudará a proteger seu filhote contra as doenças infecciosas mais graves.
  • Como a maioria dos filhotes necessitará de vermifugação regular, o veterinário pode administrar o tratamento em caso de necessidade e aconselhá-lo sobre quais produtos você deve usar.
  • Você ainda pode discutir muitos outros assuntos, como controle de pulgas, aplicação de microchip, seguro para animais de estimação, castração, dieta e adestramento.

Talvez você fique apreensivo em não se lembrar de todas as informações, mas não se preocupe. Muitas clínicas possuem folhetos ou panfletos sobre esses assuntos e ficarão satisfeitas em responder às suas dúvidas. Por isso, não hesite em perguntar qualquer coisa em caso de dúvida.

 

Seu filhote pode estar um pouco confuso e sobrecarregado à primeira vista – afinal de contas, é muita informação para ele assimilar, com todos os novos cheiros, pessoas e experiências. Contudo, com um pouco de mimo feito por você e pela equipe veterinária, logo ele começará a se sentir mais relaxado. Se aparentemente seu filhote ainda estiver um pouco nervoso ao término da consulta, tente levá-lo de volta à clínica com regularidade, especialmente se for só para dizer um “oi” na sala de espera. Com isso, ele começará a perceber que não há nada o que temer e ficará feliz em visitar a clínica quando estiver bem; assim, a clínica se tornará muito menos estressante quando ele for adulto ou mesmo se estiver mal.

 

Esperamos que essa primeira ida ao veterinário seja o início de uma ótima relação com sua clínica de escolha — uma relação que pode durar toda a vida de seu filhote, ajudando você a mantê-lo no melhor estado de saúde possível.

Rede Social D'Lamorim

FacebookPinterest

Promoções

Instagram



Contribute!
Books!
Shop!