Company Logo

Características da Raça Spitz Alemão

 

 

A spitz alemão (em alemão: Kleinspitz) é uma raça oriunda da Alemanha que possui três distintas variedades de tamanho: o gigante, o standard e o miniatura (popularmente conhecido como lulu-da-pomerânia). Historicamente, estes animais chegaram à Europa levados pelos vikings, sendo mencionados pela primeira vez na literatura alemã em 1450. Enquanto o canino de porte médio foi criado para o pastoreio, os outros dois foram desenvolvidos para serem cães de companhia. Diz-se que estes cães não gostam de serem comandados e que por isso devem ser adestrados desde cedo. São ainda classificados como alertas e extrovertidos, embora teimosos.

 

Seu físico chega aos 40 cm e os 19 kg para a variante gigante. Já o standard pode medir 36 cm e atingir os 12 kg, enquanto o toy pesa um máximo de 10 kg e mede 28 cm. A lulu, a versão miniatura do spitz, popularizou-se devido à Rainha Vitória, que a tinha como raça de companhia. Ao contrário das outras variantes, a lulu é facilmente adestrável quando filhote.

 

De acordo com o padrão estabelecido pela FCI, este canino é aceito em praticamente todas as cores. Apesar do pelo longo, a facilidade em trata-lo contribuiu para a sua popularidade, exigindo apenas escovações periódicas e banhos mensais. Não há tosa específica para a raça, pede-se que apenas os bigodes do focinho e pelos sob as patas sejam aparados. Apesar disso, muitos criadores consideram o padrão quadrado (quando a altura é igual ao comprimento), o lulu perfeito, já que esta característica dá ao cão a aparência de uma bola de pelos.

 

COMPORTAMENTO

Obediência:
ponto forte da raça - ela ocupa a 23ª posição no estudo do canadense Stanley Coren, autor do livro A Inteligência dos Cães, que estabeleceu uma lista de obediência canina, comparando 133 raças e as classificando do primeiro lugar ao 79º. A tendência, segundo ele, é que o Spitz Anão e Pequeno obedeçam 85% das vezes ou mais a uma ordem e aprendam um comando novo com cinco repetições e, na pior das hipóteses, com 15.


Temperamento Sereno: Gostam de estar perto do dono, mas não solicitam sua atenção. "Os Spitzes, quando querem minha atenção, chegam perto de mim ou se equilibram em duas patas para ver se eu olho para eles, mas não pulam ou latem", fala Rosemeire Amorim, que cria há doze anos, pelo Canil D'Lamorim, em São Paulo, onde tem 12 Spitzes anões. Brincadeiras Comedidas: "O Spitz não é de brincar sem parar, tem alguns momentos de euforia e logo sossega".


Aprendizado de Higiene: A raça aprende fácil onde fazer as necessidades. "É um verdadeiro fresco quando se trata de ficar limpo", observa Rose Amorim. "Se faz xixi no jornal, e a urina escorre e molha as suas patas, ele sai correndo, com cara de horror e só falta levantá-las para que você as limpe."


Cuidados com as Quedas: Por ser pequeno e com a ossatura razoavelmente delicada, quedas e trancos podem ser graves. "Não aconselho um Spitz para quem tem cães maiores e que sem querer possam machucá-lo e me recuso a vender filhotes para crianças com menos de dez anos".

Rede Social D'Lamorim

FacebookPinterest

Promoções

Instagram



Contribute!
Books!
Shop!